DISBIOSE INTESTINAL

AVALIAÇÃO DA FLORA INTESTINAL

O que é a Flora Intestinal?

A flora ou microbiota intestinal é o conjunto de bactérias que vivem no intestino, em uma relação de simbiose com nosso corpo. A grande maioria destas bactérias não é daninha para a saúde, e muitas são benéficas.

Há dois tipos de flora intestinal: a residente ou autóctona, e a passageira ou transitória. A primeira adere às células epiteliais da mucosa intestinal e é formada por microorganismos bem adaptados e inócuos; a segunda nem se fixa nem se estabelece no intestino, e é formada por microorganismos não-patógenos.

Há uma relação de benefício mútuo entre nosso organismo e a flora residente normal do intestino.

Flora intestinal, saúde e doença

O intestino proporciona hábitat e nutrição para a flora residente, enquanto que esta participa de funções benéficas para nosso organismo, como: prevenir a invasão de microorganismos patógenos; melhorar a função das células intestinais; reforçar o sistema imunológico; sintetizar vitaminas e proteínas; estimular os movimentos da musculatura intestinal, melhorando processos diarréicos ou de prisão de ventre; reduzir a sensação de flatulência e mal-estar intestinal; e inibir a inflamação intestinal, entre outras.

A flora intestinal pode variar de pessoa a pessoa, já que depende de fatores intrínsecos (secreções intestinais), mas, fundamentalmente, de fatores extrínsecos (idade, gênero, dieta, estilo de vida, estado imunológico, trânsito intestinal, antibióticos, antiinflamatórios, etc.).

As mudanças qualitativas e quantitativas na flora intestinal, em sua atividade metabólica e em sua distribuição local é o que se conhece como disbiose intestinal. Esta está envolvida na patogênese de numerosas doenças sistêmicas (obesidade, síndrome metabólica, patologia cardiovascular, doença vascular periférica, asma e atopia, alterações neurológicas, alterações do metabolismo dos fármacos, etc.) e também digestivas (doença inflamatória intestinal, patologia biliar, câncer de cólon, etc.). A alteração da flora residente normal pode ter efeitos nocivos importantes para a saúde.

 

Perfis de Disbiose Intestinal

O estudo da disbiose intestinal consiste no cultivo microbiológico das fezes em meios gerais e seletivos e no posterior estudo quantitativo da flora intestinal, podendo- se solicitar os seguintes perfis:

 

Perfil básico de Disbiose Intestinal (DISB)

Flora residente normal

Flora passageira

Flora enteropatogênica Leveduras (Candida sp.)

Fungos (Geotrichum sp., Aspergillus sp., Mucor sp.)

Perfil intermediário de Disbiose Intestinal (DISBAT)

Perfil básico DISB

Parasitas protozoários

Parasitas helmintos

Vírus (adenovírus e rotavírus)

Perfil avançado de Disbiose Intestinal (DISBA2T)

Perfil intermediário DISBAT

Antígeno do Helicobacter pylori

Antígeno do Clostridium difficile

O estudo exaustivo das fezes é uma ferramenta útil e não invasiva para avaliar a saúde do trato intestinal. O desequilíbrio da flora intestinal pode ser corrigido mediante medidas nutricionais (por exemplo: prebióticos e probióticos) e de estilo de vida, entre outras.

Os perfis de Disbiose Intestinal incluem uma interpretação personalizada dos resultados da análise.

Para quem está indicado?

Pessoas que desejam administrar proativamente sua saúde

Pacientes com alterações digestivas

Pacientes com doenças inflamatórias e/ou imunológicas sistêmicas

Pacientes com outras doenças sistêmicas crônicas relacionadas com a disbiose intestinal.

RECEBA AS NOSSAS NOVIDADES E PROMOÇÕES
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey Instagram Icon
LOCALIZAÇÃO

93 777 888 9

Rua Carlos Seixas 162

3030-177 Coimbra 

Portugal

zossvog@gmail.com

Funcionamos por marcação.

Regularmente estamos abertos de 2ª a 6ª das 10h - 17h

Pode também fazer marcação de 2ª a 6ª das 17h - 19h ou às 9h.

Aguardamos o seu contacto!

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

© 2015 IAMVOG design by ZOSSVOG

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now